English
 
 
     Inicial    |  Sobre    |  Áreas    |  Conhecimento    |  Contato     
       
 

Simulação

 
 

Áreas

 

Na medida em que as capacidades computacionais aumentam, a simulação ganha popularidade. Um dos grandes benefícios associados à simulação é o aprendizado que ela permite aos tomadores de decisões. Administradores conseguem avaliar resultados de suas decisões tradicionais e também podem avaliar outras opções a um custo e risco muito baixos.

Uma outra característica importante da simulação é que ela pode ser usada em problemas que não têm uma solução analítica ou algorítmica possível. Em outras palavras, se o problema é muito difícil, é bem provável que a simulação seja uma das boas opções para resolvê-lo.

Assim como em toda a análise quantitativa, há um trabalho importante na modelagem do problema; bons modelos não são os que representam melhor a realidade, mas sim os que capturam a essência do problema real e ainda assim permanecem simples o suficiente para serem inteligíveis e instrutivos.

 

Simulação de eventos discretos com Arena ou Promodel

Sistemas complexos como uma fábrica, um porto ou uma ferrovia podem ser modelados através de softwares de simulação de eventos discretos. Esses softwares, com quase 20 anos de existência, possuem características poderosas de animação, além das características de simulação.

Eles são especialmente úteis na fase de projetos de sistemas. Por exemplo, para uma via congestionada, qual seria a melhor opção em termos de alteração da malha rodoviária de modo que o trânsito seja diminuído? Ou para uma determinada cidade, quantos ônibus ela deve comprar de modo que toda a população seja atendida no horário de pico e que o tempo de espera por transporte não exceda 30 minutos?

Essas são as mais poderosas dentre todas as téçnicas de simulação e permitem a simulação de sistemas mais complexos.

 

Simulação de Monte Carlo com @risk ou Crystal Ball

A simulação de Monte Carlo usa números aleatórios para gerar a simulação de sistemas. A parte mais difícil da modelagem é definir que distribuições probabilísticas (ou processos probabilísticos) melhor definem o sistema a ser simulado.

Felizmente, nos últimos anos foram criadas uma série de ferramentas que podem ser usadas como suplementos de planilhas eletrônicas que facilitam em muito a simulação de sistemas que podem ser modelados em planilhas.

A avaliação de empresas probabilística é uma das aplicações interessantes da simulação de Monte Carlo. Nesta aplicação, ao invés de identificarmos o valor de uma empresa, identificamos uma distribuição de probabilidade que representa o valor da empresa. Neste caso não dizemos o valor de uma empresa, mas sim a probabilidade de seu valor ser maior ou menor do que um determinado montante.

 

Simulação contínua com Dinâmica de Sistemas (Dynamo, Stella e ithink, Powersim, Vensim)

Os ambientes em que vivemos (empresas, cidades e mesmo países) são extremamente complexos  para que qualquer indivíduo, por melhor que seja, tenha amplo conhecimento das causas e efeitos do mesmo. Como resultado, executivos tomam decisões importantes sem saber exatamente as conseqüências da mesmas. A dinâmica de negócios (simulação de negócios com o uso da dinâmica de sistemas) é usada para melhorar o entendimento de como decisões individuais afetam o sistema mais complexo no qual a decisão é tomada.

A dinâmica de sistemas permite que executivos avaliem antecipadamente o impacto de diferentes estratégias em termos de crescimento, lucratividade, estabilidade, perenidade e comportamento de suas empresas. A técnica serve essencialmente como um processo onde o objetivo é ajudar pessoas a melhorar seus modelos mentais de decisão.

 

Exemplos de impactos financeiros gerados por simulação

AT&T

Simulação de chamadas telefônicas: economia de US$ 750 milhões por ano.

Empresas florestais no Chile

Planejamento de operações: economias de US$ 20 milhões por ano.

EPRI (Electric Power Research Institute)

Gestão de estoques de combustível em 74 empresas de energia: economias de US$ 125 milhões.

HP - Hewlett Packard

Projeto de sistema de manufatura: aumento de receita de US$ 280 milhões.

Reynolds Metals

Centralização de envios de carga: economia de US$ 7 milhões por ano.

Rio Tinto

Gestão da capacidade/análise de benchmarks: aumento de produção de 25% no primeiro ano de implementação em uma mina.

 

 

Para saber como sua empresa também pode se beneficiar das técnicas, entre em contato conosco.

Voltar para análise quantitativa

 

    Termos de Uso    Mapa do Site     ©2005-13 Verax Consultoria e Projetos Ltda.